Se você está minimamente ligado à moda ao seu redor, já deve ter percebido o quanto ela é cíclica. Ou seja, em muitos momentos, a principal estrutura é voltada para releituras daquilo que já foi tendência em outros momentos. E, quando se trata de momentos expressivos como a década de 1950, nada mais justo do que reaprender e reutilizar os conceitos da Moda Anos 50.

Como cada conceito conta uma história, nós reunimos aqui as principais informações sobre o assunto. Se continuar aqui com a gente vai descobrir os principais aspectos da época e como recebemos hoje a influência desse tempo.

Contexto da Moda Anos 50

Primeiramente, é importante se lembrar que, cada época traz um contexto específico. De maneira geral, eles estão refletidos no comportamento e hábitos da sociedade. E, como reflexo, o conceito acaba expandindo o seu significado para a forma de se vestir. Isso é algo que se repete até os dias atuais, então você pode ter ideia de como funcionou.

Para a época, a Moda Anos 50 pretendia trazer um aspecto de delicadeza e até infantilidade para as mulheres. Foi nessa época que conceitos como saias rodadas, cintura marcada, decotes discretos, saltos altos e acessórios ganharam mais força. Ao que tudo indica, a ideia era mostrar uma versão feminina recatada e com a sensualidade apenas sugerida.

Moda Anos 50
Foto/Reprodução Canva

Ao mesmo tempo, a ascensão do Rock in Roll também deu suas contribuições para a Moda Anos 50. Com isso, o conceito de andar na contramão trouxe para as passarelas da época peças como suéteres, calças cigarrete até os tornozelos, camisetas brancas o estilo colegial.

Por causa do momento pós-guerra, esse também foi um tempo de mais fartura. Assim, questões como moda e beleza começaram a ganhar mais destaque. Por causa disso, foi um bom tempo para a expansão dessas áreas, inclusive da alta costura.

Principais referências da época

Essa também foi a época do surgimento de grandes nomes no meio fashion. Não se esperaria menos, já que foi um tempo de crescimento expressivo do mundo da moda.

Entre os principais nomes dessa época estão, por exemplo, os estilistas: Cristóbal Balenciaga, Hubert de Givenchy e Yves Saint Laurent.

Além dos próprios estilistas, outros aspectos marcaram sua participação como referência na criação da Moda anos 50. Foi o tempo, por exemplo, da ascensão do que se conheceu como rebeldia jovem. Depois de um tempo tendo sido treinados para uma vida de responsabilidades durante a guerra, agora os jovens viam diante de si uma maior flexibilidade de vida.

Moda Anos 50
Foto/Reprodução Canva

A partir disso, o que se observou foi comportamentos mais libertários. Embora tenha sido conhecido como um tempo de rebeldia, foi também um tempo importante sobre liberdade de escolha, inclusive sobre o que vestir.

Enquanto isso, o cenário do cinema e da música também traziam conceitos novos para a época. Nesse tempo é que o Rock in Roll ganhou muito da sua força, mas nem sempre era visto com bons olhos. É dessa época que vêm nomes que impressionam, como Elvis Presley, Buddy Holly, Chuck Berry e Bill Haley.

Dessa realidade, e de outras influências, a década foi marcada por três estilos diferentes. Primeiramente, haviam os Teddy Boys, considerados como rebeldes. Suas principais características enquanto moda eram o estilo mais sofisticado, Eram marcas dos looks, por exemplo, peças como casacos mais longos e coletes.

Já os Rockers eram marcados pelas camisetas brancas, jeans, peças de couro e botas. Por fim, os beatniks fechavam a lista, adotando um estilo mais intelectual com aspectos de boemia.

Moda Anos 50 como tendência atual

Depois dessa chuva de informações, com certeza você identificou algo do meio atual que remete à essa época, não é mesmo? E, você tem razão, há muito da Moda Anos 50 na moda atual.

Entre as peças mais vistas estão, por exemplo, as saias maiores e mais rodadas. Tudo bem que, hoje as mulheres a combinam de todas as formas, com tênis ou salto. Mas, é da década de 50 que vem a inspiração. Hoje, as saias midi fazem muito sucesso. Enquanto recebem toques modernos, ainda remetem ao classicismo do tempo retrô.

Além disso, algumas estampas da época também marcam presença hoje na passarela. São desenhos como poá e xadrez que estão totalmente em alta.

Quando se trata de jeans, não há muito o que se dizer. Pois, a verdade é que, haja o que houver, eles estão em todas as estações.

Como você pode perceber, na moda nada se perde. E, a fim de garantir o sucesso da sua coleção futura, também vale a pena explorar o passado. Além de boas ideias, lá estão também conceitos interessantes que fazem toda a diferença na hora da criação de novidades.

Leia também: O que se esperar do mercado da moda em 2022

Descubra boas opções de criação de tendência em: Ponto Duplo.

TRABALHE CONOSCO


envie seu currículo

 

FALE CONOSCO


sac@pontoduplo.com.br

(37)9 9798-8858

(37)3229-1000

Rod.President Tancredo Neves,
5.209 - Bairro Bom Pastor

Grande Estoque Comercial LTDA
CNPJ: 66.344.805/0001-60